A aldeia de Petchory fica mais ou menos uma hora de Izborck já na divisa com Estônia. Petchory é mais antiga que Izborsk tem 1782 anos, mas os russos afirmam que é muito mais do que isso. Tem uma fortaleza, é um local considerado sagrado pelos ortodoxos, tanto é que depois dos portões da fortaleza as mulheres não entram de short e sem véu, e se não trouxeram véu, tem uma caixa na entrada com véus para os turistas. Fotos podem ser tiradas, mas não pode fotografar os padres caminhando pelo local, apesar que ninguém seguiu a regra das fotos, as russas ortodoxas sempre pediam para tirar uma foto com algum padre ortodoxo.

O local é uma paz, calmo e umas casinhas de madeiras, lojinhas com incontáveis souvenires, pessoas falando russo e estoniano nas ruas. Dentro da fortaleza ás igrejas, as pessoas religiosas até mesmo rezando no caminho.

Eu fiquei impressionado com as cúpulas azuis chamando nossos olhos para elas, torres altas coloridas.

Olhem só que colorido bonito que fica ainda mais com um dia de sol.

E essas casinhas de madeira são dos padres ortodoxos que cuidam da igreja dentro da fortaleza. Ivan o terrível, já esteve nesse local algumas vezes.

O antigo relógio de Petchory:

No mesmo local tem um poço de dois mil anos faz-se fila para pegar agua desse poço, pois os ortodoxos acreditam que é sagrado e sua água pode curar doenças etc…. Se isso é comprovado ou não, eu não sei, mas o que conta aqui é a fé do povo ortodoxo.

Bom para encerrar um pequeno vídeo que fiz do local:

 [youtube width=”853″ height=”480″]https://youtu.be/_z8XzOG2knk?list=PLtUPZwWRSGabDTXEbBfNcTAvKzgJD0mji[/youtube]

Não deixe de ver também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.