Estava 4 dias na Дача (datcha), que traduzindo ao português é algo como casa de campo. É incrível como os russos arrumam um meio de passar o verão e ás férias. Eu diria que Datcha é uma casinha de madeira, ou até mesmo de bloco ás atuais, construídas no meio da floresta, onde você pode plantar, legumes, verduras, frutas, flores e colher tudo isso no verão. É um local calmo com ar puro, arvores por toda parte, barulho da natureza. Os russos que não tem essa casinha, chegam alugar elas no verão e passa um mês longe da cidade, do stress do trânsito de tudo e de todos. Acredite, para quem mora na cidade essa é uma boa ideia.

Hoje em dia tem eletricidade e água encanada, mas muito tempo antes não havia isso era totalmente mergulhado na natureza sem esses benefícios. Muitas têm poço próximo onde podemos ir e pegar água para beber e tomar banho. O verão aqui na Rússia é muito verde, calor e bonito.

A primeira noite que passei aqui, estranhei com os uivos dos lobos, pois eram altos e pareciam estar pertos. Os russos falam que eles estão longe e nessa época do ano, eles não aparecem por aqui, somente no inverno atrás de comida, ai sim é muito perigoso, mas inverno nesse lugar ninguém vem, uma vez que as pequenas ruas e até mesmo essas casinhas ficam soterradas pela neve.

A família com quem eu moro vem aqui e fica ás vezes 5 dias ou até 10 dias depois voltamos para cidade e entre 3 ou 4 dias voltamos para cá novamente. Preparamos a terra e plantamos morangos, pepinos, cebola, abobora e girassóis. Incrível, mas crescem rápido! Aprendi como planta-se pepinos e todo o cuidado que temos de ter para que a colheita de pepinos seja grande, fiquei impressionado com baldes e mais baldes de pepinos que tiramos nesse verão.

O pepino tem que ser regado com agua morna, uma vez que a agua da torneira aqui é do lago descongelado e por mais que faça sol, ela é gelada demais, para você ter ideia fui lavar as mãos direto da torneira e doeu tanto ficou roxa tive que lavar em seguida com água quente. Simplesmente deixamos baldes de água no sol e no final da tarde regamos os pés de pepino.

Plantamos morangos também, mas o problema que tem muitos corvos nas florestas e eles mordem os morangos, já perdemos muitos morangos por causa dos corvos.

É uma paz nesse lugar, ninguém incomoda ninguém, cada um vive no seu território. Adoro demais essa paz, esse sossego. Ouve-se muito os pássaros cantando pela manhã.

A tarde é gostosa para ler ou simplesmente sentar no banco e esperar aparecerem os esquilos e os porcos espinhos que tem muitos por aqui. Os porcos espinhos são animais dóceis, não incomodam, e aparecem geralmente no final da tarde, eles chegam a entrar dentro de casa atrás de comida. Sempre coloco alguma coisa para eles comerem, então quando estou aqui por volta das 17 horas eles aparecem atrás de comida.

E no inverno como eles sobrevivem? Eles são como ursos, hibernam no inverno e só acordam quando a neve derrete. O perigo é somente de pisar neles, uma vez que seus espinhos machucam e muito. Eles não mordem, são bonzinhos. Lembrando que essa espécie que temos aqui não é a mesma que tem na América, pois essa espécie somente em países do norte do planeta por causa do clima.

Para encerrar olha essa foto abaixo em que pegamos esse filhote caído num buraco atrás da casa:

Não deixe de ver também!

2 thoughts on “Casa de campo”

  1. Bom Dia,Marcos,””gostaria de saber””na Russia””você trabalhava ou estudava””?????.Como você vivia “”financeiramente””???.Você ensina “”Russo””p/net””????????.Onde você “”mora no “”Brasil””?????.Sem mais,para o momento,despeço-me e agradeço.Bom Dia.Muito Obrigado.Cláudio

    1. Bom dia Cláudio,
      Respondendo:
      1.Quando fui para Russia fiquei com uma família, lá eu dava aulas pelo Skype e cheguei a trabalhar numa escola de idiomas, mas nada formal.
      2.Sim, eu dou aulas de russo pelo Skype ou até pessoalmente se a pessoa estiver em São Paulo.
      3.Eu moro em São Paulo.
      4. A unica despesa que eu tinha era com alimentos e viagens.

      Obrigado por acompanhar o blog e fique a vontade para tirar suas duvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.