Ser interprete dessa pessoa foi uma experiência maravilhosa, ganhei um grande amigo.

Bom, deixa eu explicar como tudo aconteceu. Quando não estou de interprete eu trabalho num hotel aqui em São Paulo, pois cheguei ao Brasil faz pouco tempo, isso é um outro caso que contarei aqui depois.

Dezembro do ano passado (2014) teve o evento da UFC em São Paulo, Barueri e devido ao hotel ficar próximo, eles ficam hospedados justamente onde trabalho.

No primeiro dia chegou muitos lutadores do mundo inteiro, eu sabia que ia chegar um lutador russo, mas até então como sempre eles veem com sua equipe e sempre tem alguém que fala inglês.

Era 21 horas chegou um lutador sozinho, todo assustado, não falava uma palavra em inglês quanto menos em português. Eu reparei que o pessoal da UFC estava desesperado sem saber o que fazer, tentando falar com ele, até então eu não sabia que era o russo Rashid Magomedov. Perguntamos a responsável do UFC o que de fato acontecia, foi então que ela explicou: Que a equipe dele não pôde vir e ele não fala inglês, não entende o que elas falam e está totalmente sozinho e sem entender de fato o que está acontecendo. Perguntamos, mas afinal de onde ele é? A resposta “Rússia”. Nem esperei e fui direto a ele falando em russo, expliquei a situação o motivo pela equipe dele não ter chegado dos Estados Unidos e que eu mesmo faria o check in dele e apresentaria os locais do treino e tudo que ele precisava. Nunca vou esquecer o susto que ele tomou ao ver um brasileiro falando russo. Nunca vi uma pessoa tão feliz quanto ele ficou naquele dia. A equipe da UFC não acreditava que no hotel havia alguém que falasse russo, e sempre subia um para querer vir falar comigo, até um jornalista da rede globo estava no hotel para querer pegar entrevista e entender como tudo isso aconteceu. O pessoal queria de fato entender de onde um simples mensageiro de hotel sabe falar russo?! Pediram minha ajuda, pois eles não iriam conseguir um interprete de russo tão rápido e tiveram reunião com hotel para eu ser liberado e ficar disponível para o lutador os 5 dias.

Até hoje ele fala que foi Alar que me colocou no caminho dele. Apresentou –me para família toda pelo Skype, dizia que eu era um irmão pra ele. O melhor de tudo isso, foi um grande amigo que ganhei e ter ajudado e muito uma pessoa muito boa como Rashid.

Nessa luta o Rashid Magomedov lutou contra o brasileiro Elias Silvério e ganhou de forma clássica, pela primeira vez entendia como funcionava as lutas do UFC e nunca torci tanto, melhor ainda lá bem próximo de tudo. Foi uma experiência única e não poderia deixar de abrir espaço aqui para falar desse grande amigo russo Rashid Magomedov.

A foto abaixo logo depois da luta e da vitoria, eu o Rashid e o treinador.

Abaixo o link sobre a luta dele que foi em dezembro para quem tem interesse.

Rashid Magomedov nocauteia Elias Silvério e encerra sua invencibilidade

Não deixe de ver também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.