Agora é parte final da viagem na cidade de Suzdal’. Já falei da cidade histórica e considerada cidade museu, pois é a linda, charmosa cidade de Suzdal’. Para não perder nada dessa viagem fantástica clique nos linques abaixo sobre os dois posts anteriores.

A cidade russa de Suzdal’

Mosteiro da cidade de Suzdal’

Tudo começou na cidade russa de Vladimir que fica exatamente há 3 horas de trem da capital russa Moscou. Na cidade de Vladimir somente pegar um taxi até a cidade de Suzdal’ em 40 minutos chegamos em um dos locais mais incríveis escondidos na grande Rússia. Então, se você ainda não viu sobre a cidade de Vladimir, clique no linque abaixo e aproveite!

Antiga cidade russa

Bom, hoje vamos para parte final da viagem a cidade de Suzdal’ e visitar o segundo mosteiro que se encontra nela. Os muros são brancos e está próximo do primeiro mosteiro que falei na outra postagem. Esse mosteiro é feminino e chamam ele de Покровский (Pakrôvskiy).


Esse mosteiro foi construído em 1364 pelo príncipe Andrey Kostantinovitch.


Suzdal’ é uma surpresa atrás da outra. Um passeio que ficara para sempre na memória.






Essa entrada foi construída no ano de 1515.


Dentro começa aparecer as antigas igrejas e templos ortodoxos. Lembrando que no início era tudo de madeira, depois que vieram a substituição por pedra, como se vê hoje.






E dentro do território do mosteiro além das catedrais e igrejas como nas fotos acima, tem essas casinhas lindas de madeira.


Em 1923 esse mosteiro foi fechado e quase que destruído.



Em 1992 voltou a ser aberto e está em funcionamento até os dias de hoje.


Esses locais é considerado sagrados pelos ortodoxos, uma razão pela qual mulheres geralmente andam nesses territórios com véu e saias abaixo dos joelhos. Homens de calças. Não são todos os mosteiros assim, mas muitos eu vi que segue essa regra.

Nesses locais os padres ortodoxos estão por toda parte e tirar fotos deles ou com eles é proibido.

Até a próxima!

Não deixe de ver também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.