Viagem ao Noroeste da Rússia

Quem acompanha meu blog desde do tempo que morava na Rússia, sabe que morei com uma família em São Petersburgo por três anos. Acontece que já vai fazer dois anos que eles mudaram-se de cidade, ou seja deixaram São Petersburgo e foram morar no noroeste da Rússia á 6 horas de São Petersburgo, próximo da divisa com Estônia. Bom, acabei de voltar da cidade de Pskov, sai de lá ás 15 horas da tarde cheguei em São Petersburgo ás 19 horas. Fui passar o final de semana com a minha segunda família. Como estava com saudades deles e agora estou morrendo de saudades deles de novo. Antes de eu começar, eu já havia postado aqui sobre a cidade de Pskov, uma cidade de quase dois mil anos situada no noroeste da Rússia, com aldeias de mil e poucos anos, catedrais e uma fortaleza que defendeu muito a cidade dos lituanos, alemães em guerras medievais a mil e quinhentos anos atrás. Caso "Leia mais …"

Visitando a aldeia medieval

Bom, fui para Pskov e é claro que mais uma vez não pude deixar de ir até Izborsk que é a pequena, antiga e medieval aldeia russa quase divisa com o país Estônia. As aldeias russas têm paisagens de tirar o folego de tão bonitas e na aldeia de Izborsk não é diferente. Tudo é antigo, as pessoas são outras, á festas medievais tradicionais, culinária antiga. Adoro visitar essas aldeias russas e Izborsk é uma das minhas aldeias favoritas. Eu já havia postado aqui no blog sobre essa aldeia quando fui da outra vez. Clique aqui para ver essa postagem. Izborsk está localizada exatamente a 30 minutos de Pskov de carro, uma viagem muito boa, pois as estradas em Pskov são muito boas. Antes de Izborsk mais uma vez passar pela bela cidade russa de Pskov: Agora a aldeia russa de Izborsk (1500 anos), com paisagens lindas, as quais pode conferir nas fotos abaixo: Olhem só essa foto que curiosa. Um "Leia mais …"

Aldeia de Petchory

A aldeia de Petchory fica mais ou menos uma hora de Izborck já na divisa com Estônia. Petchory é mais antiga que Izborsk tem 1782 anos, mas os russos afirmam que é muito mais do que isso. Tem uma fortaleza, é um local considerado sagrado pelos ortodoxos, tanto é que depois dos portões da fortaleza as mulheres não entram de short e sem véu, e se não trouxeram véu, tem uma caixa na entrada com véus para os turistas. Fotos podem ser tiradas, mas não pode fotografar os padres caminhando pelo local, apesar que ninguém seguiu a regra das fotos, as russas ortodoxas sempre pediam para tirar uma foto com algum padre ortodoxo. O local é uma paz, calmo e umas casinhas de madeiras, lojinhas com incontáveis souvenires, pessoas falando russo e estoniano nas ruas. Dentro da fortaleza ás igrejas, as pessoas religiosas até mesmo rezando no caminho. Eu fiquei impressionado com as cúpulas azuis chamando nossos olhos para elas, torres "Leia mais …"

Riga – Capital da Letônia

Acabei de chegar da Letônia, pois fui conhecer a bela capital que é Riga. Foram 4 dias inesquecíveis. Muitos brasileiros nem faz ideia que tem um país chamado Letônia, Estônia e Lituânia, então vamos lembrar daquelas aulas de histórias na época da escola. Bom, vamos lá! Os três países bálticos são: Estônia, Letônia e Lituânia esses países são banhados pelo mar báltico e foram por muito tempo membros da URSS depois cada um ganhou sua independência. Todos eles são pequenos, Letônia e Lituânia chega a ser maior que Estônia, mas pouca coisa também. Cada um tem seu próprio idioma, apesar do idioma russo ter grande influência neles. O idioma estoniano, pois falado na própria Estônia distancia muito dos idiomas da Letônia e da Lituânia, pois esses dois últimos são parecidos entre si, são idiomas gêmeos, como espanhol e o nosso português. O que mais acho interessante nisso tudo é a grande diferença das línguas nesse local, pois o russo, estoniano, letão e "Leia mais …"

A quarta antiga igreja de Riga

E pelas minhas caminhadas na cidade de Riga encontro igrejas e mais igrejas, antigas com muitos detalhes. Quando os alemães invadiram aqui, muitos correram nessas igrejas, afim de refugiar-se, mas não somente dos alemães como dos russos também. Esse povo sofreu tanto com a invasão alemã quanto da URSS. Uma moradora do local, contou-me que muitas casas de madeiras são bem antigas chegando a mais de 100 anos, o caso que o governo não quer derrubar essas casas, o plano e reforma-las. Não deixe de ver também! Riga – Capital da Letônia A antiga igreja de Riga

Casa de campo

Estava 4 dias na Дача (datcha), que traduzindo ao português é algo como casa de campo. É incrível como os russos arrumam um meio de passar o verão e ás férias. Eu diria que Datcha é uma casinha de madeira, ou até mesmo de bloco ás atuais, construídas no meio da floresta, onde você pode plantar, legumes, verduras, frutas, flores e colher tudo isso no verão. É um local calmo com ar puro, arvores por toda parte, barulho da natureza. Os russos que não tem essa casinha, chegam alugar elas no verão e passa um mês longe da cidade, do stress do trânsito de tudo e de todos. Acredite, para quem mora na cidade essa é uma boa ideia. Hoje em dia tem eletricidade e água encanada, mas muito tempo antes não havia isso era totalmente mergulhado na natureza sem esses benefícios. Muitas têm poço próximo onde podemos ir e pegar água para beber e tomar banho. O verão aqui na "Leia mais …"