A propriedade de Dubrovitsy

A propriedade de Dubrovitsy está próximo da cidade de Подольск (Podôl’sk) que está aos arredores de Moscou. Para ir até a propriedade de Dubrovitsy tem uma maneira fácil que é por eliektritchka (trem de curta viagem) saindo da estação de Kurskovo ou também das estações tekstil’shshiki e tsaritsyno. Nesse caso você vai descer na estação Podôl’sk e lá mesmo pegar o ônibus № 65 até Dubrovitsy. Até a metade do século 17 a propriedade pertencia ao Ivan Marozo. Depois a filha dele herdou como herança e casou –se com o príncipe Ivan Golitsyn. Foi nesse momento que a propriedade recebeu o nome de Dubrovitsy. Bom, até 1781 essa propriedade pertenceu a Golitsyn depois foi vendida para Grigorio Potiônkin. A propriedade pertenceu a Potiônkin por pouco tempo pois ficou em posse dele até 1788, depois disso nesse mesmo ano veio ao poder da imperatriz Ekaterina que doou para Aleksandr Mamonov. Depois a propriedade voltou para os Golitsyn já no ano de 1864. Depois "Leia mais …"

A ponte do beijo

Somente uma denominação é o suficiente para esse local no centro da bela São Petersburgo.: “A ponte do beijo. ” É o local perfeito para o primeiro encontro, para um romance e para despedir-se da própria São Petersburgo. Todas as vezes que passei próximo e até mesmo atravessei esse local eu pude presenciar cenas de casais apaixonados atravessando-a em beijos, noivas tirando fotos, pessoas paradas e escrevendo poesias. Esse é realmente um local muito romântico nessa bela cidade. Quem vai deixar a cidade de São Petersburgo, pode e não só pode como deve despedir-se da cidade nessa ponte. Antigamente nesse mesmo local era o encontro de marinheiros com suas amadas, pois se encontravam nessa ponte e quando fossem se despedir, pois também a despedida era na ponte com o longo beijo da despedida. Por regra e tradição o beijo tinha que acontecer na ponte, uma coisa que não poderia deixar de acontecer. Vale salientar também que muitos casais apaixonados se encontravam "Leia mais …"

O caso mais sinistro de todos os tempos

Quando cheguei aqui na Rússia depois de um tempo eu vi passar de vez em quando na televisão, sobre um dos casos mais sinistro de todos os tempos que aconteceu exatamente na grande Rússia em fevereiro de 1959. É claro que curioso perguntei muito por aqui sobre esse caso e pesquisei na internet. Tem muitos filmes e até documentários sobre ele. É o famoso caso de “Дятлова” (Diatlova). Na noite de 1 e 2 de fevereiro de 1959 ao norte do Ural, na expedição, conhecida como “a expedição de Diatlova”, por motivo totalmente desconhecido morreram os 9 estudantes que faziam o percurso no local, guiados por Igor Diatlov, daí o nome da expedição ser “Diatlova”. Lembrando que todos eles eram turistas muito experientes. O que deixou mais sinistro ainda, foi do modo que cada um morreu naquela montanha. O grupo era formado na verdade por 10 integrantes, mas o estudante Юрий Юдин (Yuri yudin) foi obrigado a deixar o grupo devido "Leia mais …"

O segundo mosteiro em Suzdal’

Agora é parte final da viagem na cidade de Suzdal’. Já falei da cidade histórica e considerada cidade museu, pois é a linda, charmosa cidade de Suzdal’. Para não perder nada dessa viagem fantástica clique nos linques abaixo sobre os dois posts anteriores. A cidade russa de Suzdal’ Mosteiro da cidade de Suzdal’ Tudo começou na cidade russa de Vladimir que fica exatamente há 3 horas de trem da capital russa Moscou. Na cidade de Vladimir somente pegar um taxi até a cidade de Suzdal’ em 40 minutos chegamos em um dos locais mais incríveis escondidos na grande Rússia. Então, se você ainda não viu sobre a cidade de Vladimir, clique no linque abaixo e aproveite! Antiga cidade russa Bom, hoje vamos para parte final da viagem a cidade de Suzdal’ e visitar o segundo mosteiro que se encontra nela. Os muros são brancos e está próximo do primeiro mosteiro que falei na outra postagem. Esse mosteiro é feminino e chamam "Leia mais …"

Mosteiro da cidade de Suzdal’

Nossa viagem pela cidade russa de Suzdal‘ não acabou. Isso mesmo, tem uma postagem anterior da cidade que eu fiz, clique aqui para ver. Tem fotos da cidade museu como chamam os moradores daquele local. É uma cidade pequena típica do interior mais com muitas igrejas, museus, templos o que lhe dá um charme único. As fotos que você verá abaixo é do antigo mosteiro da cidade construído no século 14. A foto abaixo é do monumento que está na entrada do mosteiro. Monumento herói da cidade de 1612 Dmitriy Pozharsko, uma vez que seu tumulo encontra-se no mosteiro. Na entrada do mosteiro encontra-se a torre principal. No mesmo local onde encontra-se o caixa para pagar pela entrada. A entrada no mosteiro é paga, pois dentro desse território é considerado museu. E dentro do território do mosteiro encontra-se uma antiga igreja. Construída no início do século 17. Suzdal’ realmente surpreendeu-me com tanta coisa para ver. Agora uma volta ao redor dos "Leia mais …"

Algumas consoantes do idioma russo

Bom, esse post aqui no blog é mais uma dica para você que está aprendendo esse belo idioma russo. As consoantes no alfabeto russo são de importância gigantesca para uma pronuncia correta. Como se pode ver na imagem acima destaquei as consoantes que vamos falar aqui para esclarecimentos maiores e que você venha ser entendido sem dificuldades quando for conversar em russo. Para começar vamos falar da pronuncia dessas duas consoantes da figura ao lado. A letra M tem o mesmo som da nossa letra M. A letra Н no alfabeto russo corresponde ao som do nosso N. Bom, até aqui está tudo ok. Por que falar de duas letras cujo os sons tem em ambos os alfabetos? Quando alguns anos atrás estudava o idioma russo, eu fiquei com uma dúvida grande. Tem ou não tem som nasal no idioma russo? Resolvi fazer essa pergunta para uma amiga russa. Ela parou para pensar, pensou por um tempo e respondeu que sim. "Leia mais …"

A cidade russa de Suzdal’

Essa cidade russa está a 30 km da cidade de Vladimir de taxi. Lembra que falei aqui da cidade russa de Vladimir? Não viu ainda? Não tem problema, pois clique aqui e veja as fotos bonitas da bela cidade. Bom, quando estiver na cidade de Vladimir, lá no centro pegue um taxi até a cidade de Suzdal’ que fica ao norte. Essa é uma cidadezinha parada no tempo, pois tudo aqui é histórico. Não tem prédios de 5 andares, conforme encontramos em qualquer outra cidade russa. Tudo por aqui está como era antes. É conhecida como uma cidade museu. Tem a torre do sino e muitos templos e igrejas. A pequena cidade de Suzdal’ está localizada ao redor do rio Каменкa (Kamienka). Essa igreja foi construída em 1720 no lugar havia um templo que foi queimado. Já essa igreja da foto abaixo foi construída no ano de 1739. A casa da foto abaixo foi construída em 1806-1811, era o principal ponto "Leia mais …"

Antiga cidade russa

Saindo de Moscou quase 3 horas de trem vamos parar em uma antiga cidade russa, cujo nome é Vladimir. Em um trem de alta velocidade esse percurso dura uma hora e quarenta minutos. Você precisa somente de um dia para caminhar por esse fantástico local e conhecer um pouco da cidade. Podendo sair de Moscou pela manhã e voltar a tardezinha ou a noite. Vladimir é uma cidade russa que tem guardado muitas lembranças, monumentos que estão preservados até hoje. No centro da cidade está localizado uma antiga catedral. Construída no ano de 1158 para ser a principal catedral da capital do norte do Russy nessa época a capital era Vladimir. Ao redor um prédio amarelo construído no ano de 1785. Hoje aberto como museu central da cidade. A viagem valeu a pena. O cheiro de história está no ar dessa cidade russa. Essa estatua colocada na cidade no ano de 2007 simboliza a vinda da capital Russy que antes era "Leia mais …"

Um passeio aos redores de Moscou

Olá meu caro leitor. Vamos fazer um passeio aos redores de Moscou. Vamos visitar Царицыно (Tsaritsyno). Um local muito bonito e que realmente vale a pena visitar. Bom, o parque Tsaritsyno está localizado entre as estações de metrô “Tsaritsyno e Oriekhovo”, entretanto a principal entrada do parque está na saída do metro “Tsaritsyno”. E a neve já chegou tomando conta de tudo. Saindo do metro Oriekhovo, você vai passar no ponto sul do parque. Algumas estatuas colocadas no parque. Um charme único! O toque russo, ainda mais com essa neve toda. Tem até mesmo um arco no parque. Os russos deram até um nome para esse arco “Русалкины ворота” – Russalkiny Varôta. Traduzindo algo como, “O portão da sereia.” Passando pelo “Russalkini Varôta”, ou seja pelo arco você tem a visão da foto abaixo: Indo mais adiante a esquerda encontra alguns pequenos detalhes pelo parque: Agora subindo essa escada entre as arvores. Um silêncio! Uma paz! Você simplesmente não vai querer "Leia mais …"

A moeda russa

Olá meu caro leitor! Demorei um pouco para postar aqui no blog, agora que estou estudando fica difícil de achar tempo, mesmo assim o tempinho que eu vou conseguir, vou preparar algo novo para colocar aqui. Bom, hoje quero falar sobre dinheiro. 😉 Quem não gosta de falar sobre esse assunto, não é mesmo, pois é?! Vamos aprender mais sobre a moeda do maior país do mundo. Isso mesmo, vamos falar sobre o rublo. Muitos ainda tem dúvidas e muitas sobre a moeda russa, então vamos lá. Na Rússia, não se usa outra moeda a não ser o “rublo” que em russo é “рубль”. Abaixo está o símbolo dessa antiga moeda. Tenha ideia que na Rússia você não vai usar, dólar, euro ou qualquer outra moeda, pois a moeda oficial do país é rublo e somente essa é aceita em todo território russo. Quando você chegar no país, vai ter que ir numa casa de câmbio e comprar rublo. Essa moeda "Leia mais …"